Os prós e contras do uso de chapéu

Escrito por: -

Eles estão por toda parte. Nas passarelas, nas ruas, nas lojas de acessórios e grandes lojas de roupas (Renner, C&A, Riachuelo e afins). Eu, devo confessar que já tenho dois, um preto e um creme, mas já estou pensando em comprar um marrom. Estou falando dos chapéus e da tendência crescente em usá-los.

Mas você já se perguntou quais são os prós e os contras do uso de chapéu?

Os prós são, ao menos para mim, evidentes: Os chapéus são uma arma a mais contra os danos causados pelos raios UVA e UVB, tanto nos cabelos quanto na pele do rosto e pescoço (ajudam a evitar o pescoço de perua - enrugado), isso sem falar no charme que imprimem a quem os usa. Além disso, se não deu tempo de alisar os cabelos, ‘taca’ chapéu neles!

Mas como nem tudo são flores, os contras do uso do chapéu também existem e dentre eles estão: os cabelos ficam abafados e, portanto, o couro cabeludo deixa de ‘respirar’ e isso pode facilitar o aparecimento da caspa e aumentar a oleosidade dos fios. A resistência e o volume também ficam comprometidos. Além disso, se o chapéu ficar muito apertado, os fios podem quebrar facilmente.

Mas então, qual a solução? Não precisa ser nenhum expert em cabelos para dar algumas dicas preciosas: Se você - como eu - adora usar chapéus atente para essas dicas: apenas use chapéu com os cabelos limpos e secos (não estarem úmidos é realmente muito importante para evitar a proliferação de fungos), escolha modelos que não fiquem muito apertados e finalmente, não fique muitas horas com o chapéu na cabeça. Agora uma dica de etiqueta: Não sente à mesa em um restaurante com chapéu e boné na cabeça ‘pelamor’ hein!

Fonte: Texto de Renata Fraia
Foto: Attuall.Moda/chapéus

Votar no artigo:
Nenhum voto. Seja você o primeiro!