Entenda o que a sibutramina pode fazer pela sua dieta

Escrito por: -


A guerra contra a balança está cada vez mais acelerada: temos o ano todo pra cuidar da saúde e do corpo, mas é às vésperas do verão que lembramos disso.

As academias enchem, os atletas de final de semana lotam os parques. É nessa época também que muitas mulheres começam a fazer dietas super restritivas, buscando perder mais peso em pouco tempo.

Em meio a isso tudo, um nome surge nas conversas sobre dieta: sibutramina. Apesar de ser um medicamento controlado, o acesso à sibutramina não é muito difícil, e ela acaba entrando no “cardápio” de quem quer emagrecer antes do verão.

Confira aqui algumas informações gerais sobre a sibutramina.

1. O que é sibutramina?
Desenvolvida na década de 80 como anti-depressivo, para controlar o humor, a sensação de bem-estar e também o apetite. Em 1997, seu uso como controlador de peso foi aprovado pelo FDA (Food and Drug Administration), entidade norte-americana que regula os medicamentos; e a sibutramina passou a ser distribuída e comercializada em grande escala em todo o mundo.

2. Como age a sibutramina?
Ela age em áreas do cérebro que controlam a saciedade, inibindo a sensação de fome. Estudos recentes também apontaram que a sibutramina pode aumentar o metabolismo em situações de repouso. Aliada a exercícios físicos e uma alimentação equilibrada, a sibutramina pode ajudar no processo de perda de peso.

3. Quais são os riscos?
A venda da sibutramina é feita sob prescrição médica. Não é um medicamento tarja preta, mas a receita fica retida. Trocando em miúdos, quer dizer que não é um remédio “inofensivo” como um comprimido para dor-de-cabeça. São comuns as queixas de efeitos colaterais em mulheres que usam a sibutramina com frequência. Além disso, o uso combinado com outros tipos de remédios é considerado perigoso.

4. Quais são as vantagens?
A sibutramina realmente controla a fome e a sensação de saciedade. Desta forma, quem já tomou garante que a “vontade de comer” simplesmente desaparece. Come-se apenas o suficiente e a perda de peso é uma consequência.

5. Como faço para comprar sibutramina?
Como falamos anteriormente, a receita do remédio fica retida. Você precisa preencher um cadastro na farmácia, com seus dados como RG e endereço. Isso só é possível depois da indicação de um médico. Ou seja: se você está pensando em incluir a sibutramina no seu programa de perda de peso, é fundamental que tenha um bom acompanhamento médico. É o que vai garantir o seu bem-estar e a eficiência do seu tratamento.

Via: ABC da Saúde
Foto: Flickr *imagem meramente ilustrativa, não corresponde ao medicamento.

Votar no artigo:
Nenhum voto. Seja você o primeiro!