10 problemas que o estresse traz às mulheres

Escrito por: -

stress feminino
Como em quase tudo na vida, homens e mulheres reagem de maneira diferente ao estresse. Estudos mostram também que o estresse crônico pode custar mais caro para a saúde física e mental do sexo feminino já que o corpo libera hormônios como o cortisol que nas mulheres é conhecido por impactar a pele e os sistemas imunológico e digestivo. Veja uma lista de 10 problemas que o estresse pode trazer às mulheres:

1. Reduz o apetite sexual
Isso pode acorrer quando elevados níveis de cortisol suprimem os hormônios sexuais naturais do corpo.

2. Menstruação desregulada
O estresse agudo ou crônico pode alterar o equilíbrio dos hormônios, podendo fazer com que a mulher pare de menstruar, tenha períodos atrasados ou irregulares.

3. Acne
Níveis altos de cortisol no corpo causam um excesso de produção de óleo, o que contribui para o aparecimento de acne.

4. Perda de cabelo
O estresse pode interromper o ciclo de vida dos fios, causando a queda. Você pode notar as mudanças imediatamente após o período estressante, ou de três a seis meses depois.

5. Má digestão
O estresse prolongado pode impactar o sistema digestivo aumentando a acidez no estômago, o que causa a indigestão e o desconforto, além de contribuir para o desenvolvimento de úlceras. Reduzir o estresse é o segredo para manter a saúde do sistema digestivo.

6. Depressão
Níveis elevados de cortisol que resultam do estresse crônico podem motivar uma depressão.

7. Insônia
Muitas pessoas ficam revirando na cama pensando nos eventos do dia e problemas no trabalho. A dificuldade para dormir traz dificuldades de concentração, irritabilidade e falta de motivação.

8. Ganho de peso
Um estudo relacionou os altos níveis de cortisol a um maior peso na região da cintura, assim como à diminuição do metabolismo. O alto nível de estresse também está relacionado a um aumento do apetite para o açúcar, que também leva ao ganho de peso.

9. Diminuição da fertilidade
Estudos recentes mostraram que mulheres com altos níveis de alfa-amilase, uma enzima ligada ao estresse, tiveram mais dificuldade para engravidar.

10. Aumento de risco de doenças do coração e derrames
De acordo com um estudo feito em 2012 com mais de 22 mil pessoas do sexo feminino, mulheres com muito estresse no trabalho se mostraram 40% mais propensas a viver um evento cardiovascular (como um ataque cardíaco ou derrame). Os derrames são mais comuns entre pessoas com estilo de vida estressantes.

Ou seja, não aceite o estresse como algo normal na sua vida. Ele inicia um ciclo de problemas que se acumulam!

Fonte: Terra

Foto: Stock.xchng

Votar no artigo:
Nenhum voto. Seja você o primeiro!