Personal trainer dá dicas para ter a barriga "sarada" de Paola Oliveira

Escrito por: -

O Carnaval já ficou bem para trás, mas ainda é difícil esquecer a ótima forma da atriz Paola Oliveira na passarela do samba. O abdômen definido causou furor e virou exemplo a ser seguido por muitas mulheres. Que o diga o personal trainer Flávio Settanni, que viu sua caixa de mensagens ficar recheada de perguntas sobre como a atriz “chegou lá”. Todas querendo saber a “mágica”.

“Todo mundo aqui já sabe que mágica não existe, é trabalho duro mesmo, e também não posso afirmar que ela fez exatamente isso ou aquilo, mas posso contar a vocês o que eu faria para uma cliente desfilar assim”, avisa o personal trainer em sua coluna Fitness.

“Esqueçam a moleza e anotem a receita que funciona em 80% dos casos (5% nasce pronto e fica assim até mais ou menos os 30 anos e 15% nunca vai conseguir aquele abdômen porque a genética não deixa)”, explica Settani, que tem uma listinha para quem sonha com a barriga (no caso, a falta dela) perfeita.

* Em primeiro lugar alimentação, em segundo alimentação e em terceiro alimentação. É isso mesmo, abdômen sarado só é possível com um super controle alimentar, que inclui eliminar doces, frituras, carboidratos refinados, produtos industrializados que contém gordura trans, açúcar e sal. O pão tem que ser integral e de preferência de centeio, o arroz integral (de verdade, não aquele disfarçado) e as massas integrais ou grano duro.

Tudo isso em quantidades reduzidas para permitir que o corpo queime gordura e diminua a retenção de água. As proteínas tem que vir de fontes de baixas calorias, como claras de ovos, carnes magras e suplementos a base de whey protein. E as frutas restritas a duas ou três porções por dia, sem direito a sucos;

* Extremo cuidado com o consumo de sal. Ele retém água e a impressão visual é a mesma que a gordura acumulada. Tenha certeza de que há pouco sal em sua comida;

* Cozinhe sem óleo. Coloque apenas um fio de azeite sobre a comida pronta;

* Treine os abdominais como um músculo, duas ou, no máximo, três vezes por semana em séries de 15 ou 20 repetições. Se estiver fácil demais, mude de exercício ou acrescente carga. Nada de fazer 1000 abdominais. Quem diz que faz isso ou mente ou faz errado;

* Restrição quase total ao álcool. Mais que três doses por semana atrasam o processo;

* Por último, tenha certeza que seus hormônios estão equilibrados. Alterações na insulina, hormônios da tireóide e cortisol tornarão sua batalha impossível de ser vencida.

Difícil? Claro, afinal abdômen sarado é só para quem quer muito. Você não precisa ter o uma barriga de tanquinho, mas, se quiser ter, anote os conselhos acima e torça pra sua genética ser favorável.

Fonte: Fitness por Flávio Settani

Votar no artigo:
Nenhum voto. Seja você o primeiro!