"Perfeccionista, eu?" O que fazer com a mania de perfeição

Escrito por: -

Mania de perfeição pode ser um atraso de vida

 

Dizem que as pessoas dos signos de virgem e capricórnio são muito perfeccionistas, detalhistas e metódicas, e só sossegam quando conseguem deixar tudo 100%, o que gera alguns incômodos em pessoas mais liberais em relação a detalhes.

 

Mas não importa seu signo, Maria, em alguma área de sua vida é provável que você seja perfeccionista. Pode ser no trabalho, na criação dos filhos, em relação às roupas que veste ou até na maneira de organizar a própria bolsa — todas nós caímos na armadilha de querer o impossível (a perfeição) em algum setor da vida.

 

Há quem seja assim em relação aos filhos, e prefere nem ser mãe, porque ia passar a vida inteira se criticando e exigindo muito de si.

 

Outras mulheres têm aquela mania básica de limpeza e passam a vida cuidando, arrumando e enlouquecendo com o serviço doméstico, que a gente sabe que “não acaba nunca”.

 

 

Abra mão do perfeccionismo para viver melhor

 

Para saber se você é perfeccionista, uma boa sugestão é fazer uma pesquisa rápida com familiares e amigos mais chegados, para avaliar se você só quer as coisas do seu jeito.

 

Avalie também sua própria maneira de lidar com trabalhos que precisa delegar para outras pessoas. Você fica muito ansiosa quando tem que pedir para alguém fazer algo por você?

 

Geralmente, quem é perfeccionista prefere fazer tudo “pessoalmente”, ao invés de pedir a alguém. Delegar pode se transformar em um pesadelo e fonte de muita ansiedade e preocupação.

 

Para quem quer se livrar da mania, pois já começa a atrapalhar os relacionamentos, a dica é tentar praticar do menor para o maior. Ou seja, começar desencanando em relação a pequenas coisas e daí progredir sem estresse para as questões mais importantes da sua vida.

 

Um problema gerado pelo perfeccionismo é que ele pode fazer com que você fique “parada” na vida, adiando a realização de projetos pessoais importantes porque não se sente pronta.

Digamos que você esteja lançando um livro, por exemplo. Se o perfeccionismo tomar conta, você vai querer revisar o texto milhares de vezes, o que pode atrasar a publicação e fazer você se sentir frustrada, além de levar à exaustão.

 

É bom buscar sempre ser melhor a cada dia, mas sem sacrifícios. Afinal, já diz a a sabedoria popular que “ninguém é perfeito”!

 

Foto: Tim P. Whitby/GettyImages

 

 

Votar no artigo:
Nenhum voto. Seja você o primeiro!